afv_illustration_open.jpg
AFV - Rainforest Organization

AFV - Rainforest Organization

AFV - Rainforest Organization

Fundada em 1989, a AFV teve o privilégio de trabalhar com muitas comunidades indígenas no Brasil
 
A AFV conscientiza e implementa projetos para a proteção da Floresta Amazônica e de seus povos

 
afv_backgroundC1_edited.jpg

AFV fosters projects in the Indigenous territories
of the Rio Xingu region in Brazil

A AFV fomenta projetos em Terras Indígenas da região do
Rio Xingu no Brasil

O Parque Indígena do Xingu, também conhecido como o Território Indígena do Xingu (TIX) de 26 420km², foi criado em 1960 pelos famosos indigenistas brasileiros Orlando, Cláudio e Leonardo Villas Bôas. Em 1989, outros 103 240km² na fronteira com o Parque Nacional do Xingu foram oficialmente declarados territórios indígenas em agosto 1993 depois que os fundadores da AFV, Jean-Pierre Dutilleux, um cineasta belga, e Benard Laine, um jornalista francês, ao lado do Cacique Raoni, lideram a primeira campanha mundial para chamar a atenção para os perigos do desmatamento na Amazônia e o risco de extinção enfrentado por suas populações indígenas.

 

Com o apoio do governo brasileiro e ao lado de 12 organizações irmãs, a AFV levantou fundos para demarcar os limites deste novo território indígena do tamanho da Grécia, limítrofe do Parque Indígena do Xingu, criando assim uma das maiores reservas de floresta tropical do planeta com uma superfície de quasi 130 000km².

XINGU

Território Kayapó

O território Kayapó abrange aproximadamente 103 240 km², um território maior do que a Coreia do Sul. Inclui muitas aldeias, a maioria localizada perto das margens do rio Xingu. Sua população é estimada em cerca de 7 300 pessoas. Sua organização social, vida ritual e cosmologia são ricas e complexas.

Kayapó Territory

Territorio Indígena do Xingu

Cerca de 7 200 pessoas de dezesseis etnias vivem em 81 aldeias no Territorio Indígena do Xingu (TIX), que cobre uma área de 26 420km², tão grande quanto o Estado de Alagoas. Esses grupos étnicos, embora tenham línguas distintas, têm organizações sociais, culturais e econômicas semelhantes, moldadas por anos de interações e trocas. Estes são os Aweti, Kalapalo, Kamaiura, Kuikuro, Matipu, Mehinako, Nafukua, Naruvotu, Waura e Yawalapiti, Kawaiwete, Ikpen, Yudjja, Trumai, Tapayuna e Kisedje.

 

Xingu Indigenous Territory

afv_xingu_mapa.png

PROGRAMAS

afv_aritana_edited.jpg

Centro de recursos multifuncional, fornecendo treinamento, aconselhamento e informação, bem como equipamentos, meios de comunicação e espaço comum para as comunidades do TIX.

afv_donation_03_edited_edited.jpg

RESTAURAÇÃO ECOLÓGICA

Diversificando a produção vegetal e reflorestando áreas degradadas com árvores valiosas, usando e ensinando práticas agrícolas sustentáveis.

afv_donation_01_edited.jpg

PROTEÇÃO DA FLORESTA

A reserva do Xingu e seu povo são ameaçados pela pesca ilegal, caça, extração de madeira, incêndios e agroquímicos usados nas fazendas vizinhas.

afv_donation_04_edited.jpg

Oferecer formações profissionais curtas em assuntos selecionados para responder à crescente demanda da geração jovem por treinamento profissional e às crescentes necessidades de habilidades específicas nas aldeias.

EDUCAÇÃO E TREINAMENTO

afv_donation_05_edited.jpg

Com foco na produção de arte, registrando, reunindo e centralizando o conhecimento dos Idosos por meio de um centro de mídia, com algumas atividades sendo dedicadas à medicina tradicional.

 TRANSMISSÃO DE CULTURA 

afv_donation_02_edited.jpg

Complementando os serviços governamentais, fornecendo um espaço e recursos para a medicina tradicional e ajudando a construir parcerias nacionais e internacionais.

SAÚDE

Ao lado de nossos parceiros, você pode fazer a diferença participando de nossos programas.

 
 

INSTITUTO
ARITANA

AFV, French association dedicated to the cause of the indigenous populations of Amazonia

Afukaka (Kuikuro), Raoni (Kayapos) e Aritana (Yawalapiti)

afv_IG.png

Siga a AFV no Instagram